Children see, Children do!

A criança aprende e expressa as suas emoções através dos sentidos e do seu corpo.

As interações entre crianças e adultos são umas das formas de conhecer e experimentar o mundo. Através das experiências sociais, as crianças constroem os seus modelos de interação, sendo que, por vezes, surge a necessidade de “testar” e experimentar diferentes abordagens ao Outro.gestao-conflitos

É importante apoiar a criança nessas tentativas e ajudar na consciencialização e responsabilização das atitudes e principalmente na autorregulação.

Lidar com os conflitos e promover a expressão, o respeito e a empatia, são ferramentas fundamentais para a vida.

Os adultos têm um papel fulcral na mensagem que passam às crianças e na forma como interagem e resolve os grandes desafios da interação!

“Children see, children do!”

Maria Antónia Cardoso

Aqui fica a nossa sugestão para aprofundar esta temática a partir de um workshop vivencial que nos desperta para novas estratégias em momentos de conflito entre crianças e adultos.

Porquê falar de emoções com as crianças?

Entregues a uma confusão de sentimentos contraditórios, as crianças necessitam cada vez mais de ajuda a (re)conhecer melhor os seus sentimentos, a nomeá-los e a fazer uma distinção entre eles, nelas próprias e nos outros. Assim, aprendem a imaginar-se na perspetiva do outro, o que ajuda a desenvolver a sua consciência social.nova-data

Quando envolvidas num ambiente que as convide a exprimir todas as suas emoções, incluindo as negativas, as crianças podem ter cada vez mais domínio sobre os seus sentimentos e lidar com eles de forma tranquila e segura.

Trabalhar as emoções com as crianças pode também ser importante no sentido preventivo do desenvolvimento de problemas sócio-emocionais. Aprender a exprimir e a comunicar os sentimentos aos outros diminui a possibilidade da manifestar comportamentos menos adequados, numa situação emocionalmente complicada

(adaptado do Manual “Uma Caixa Cheia de Emoções”)

Com a Formação “Caixa de Emoções” pretendemos transmitir uma forma diferente de trabalhar as emoções com as crianças, ajudando-as a aproximarem-se do que se passa dentro delas.

Formação em Continuidade com participação presencial nos dias 30 de Janeiro e dia 27 de Fevereiro (das 18h às 20h30) e com experimentação prática da Caixa de Emoções para exploração em contexto (1 mês).

Para se inscrever deverá preencher o formulário online (https://pt.surveymonkey.com/r/LKV623P).