Promotor do Programa “Sou Capaz!”

Requisitos para obter o certificado de Promotor do Programa “Sou Capaz!” (Kids’ Skills)

  1. Ter participado na Formação “Pais Realizados, Crianças e Jovens Felizes” realizada por Bem Furman do Helsinky Brief Therapy Institute e organizada pela Associação Aprender em Parceria – A PAR.
  1. Ler o livro “Kids’ Skills in Action” (disponível em Inglês)
  1. Conhecer o website Kids’ Skills
  1. Conhecer as três solution storiesNigel’s nightmareLinda Tames her tigerDan did wrong
  1. Conhecer os programas de computador Kids’ Skills: Bam, the Kid’s WizardKids’ Skills OnlineThe Sorry Letter
  1. Conhecer o livro de exercícios “Sou Capaz!” (disponível a partir de Fevereiro 2016)
  1. Elaborar um relatório acerca do processo desenvolvido com uma criança ou grupo de crianças (veja em baixo as instruções para a elaboração do relatório).
  1. Efectivar a sua inscrição à certificação através do link e enviar o relatório para o email geral@a-par.pt com a referência “Certificação_Promotor”

 

A Associação A PAR, enquanto entidade promotora do Programa em Portugal, terá a responsabilidade de comunicar os seus dados ao Helsinky Brief Therapy Institute que o/a adicionará ao registo internacional de Promotores “Sou Capaz”. Receberá o certificado original (Kids’ Skill Ambassador Certificate) por email, que o qualifica a aplicar o programa no seu contexto de trabalho, podendo utilizar todos os materiais relativos ao mesmo, disponibilizados pela Associação A PAR.

Esta certificação tem o valor de 80€.

Esta certificação não o habilita a formar promotores do Programa “Sou Capaz”.

 

Instruções para a elaboração do relatório:

O seu relatório deverá revelar que abordou todos os passos do Programa “Sou Capaz”, devendo assim responder às seguintes questões:

  1. Qual era o problema da criança?
  2. Qual era a competência que a criança devia ter aprendido?
  3. Como foi feito o acordo com a criança para que ela atingisse a competência desejada?
  4. Qual o nome que a criança deu à sua competência?
  5. Que benefícios a criança identificou na competência desejada?
  6. Quem apoiou a criança?
  7. Que poder ou herói a criança escolheu e como a utilizou?
  8. Que visibilidade teve a aquisição da competência?
  9. Como a criança praticou a sua competência?
  10. Como a criança se preparou para recordar a competência e como gostaria de ser relembrada quando a esquecesse?
  11. Como foi celebrada a conquista da nova competência?
  12. Como a criança agradeceu a quem a apoiou?
  13. A criança teve oportunidade de ensinar a sua competência a outros?

 

… se trabalhou com um grupo de crianças:

  1. Quais eram os problemas das crianças?
  2. Quais eram as competências a adquirir pelas crianças?
  3. Como as crianças decidiram e escolheram as competências mais importantes a adquirir?
  4. Quais os nomes que as crianças deram às suas competências?
  5. Que benefícios as crianças identificaram nas competência desejadas?
  6. Quem apoiou as crianças?
  7. Que poderes ou heróis as crianças escolheram e como as utilizaram?
  8. Que visibilidade teve a aquisição das competências na comunidade?
  9. Como as crianças praticaram as suas competências?
  10. Como as crianças se prepararam para recordar as competências e como gostariam de ser relembradas quando as esquecessem?
  11. Como foi celebrada a conquista das novas competências?
  12. Como as crianças agradeceram a quem as apoiou?
  13. As crianças tiveram oportunidade de ensinar as suas competências a outros?
Anúncios